14 de fevereiro de 2015

"O Nobre Deputado" explica o Petrolão

Para aqueles que ainda não conseguiram assimilar o escândalo de corrupção na Petrobras, o dito cujo “Petrolão”, ou para os inocentes e ingênuos que ainda não sabem ou apenas desconfiam de como a política e os políticos do Brasil agem, frequentemente, bem debaixo dos nossos narizes, recomendo uma leitura minuciosa do livro “O Nobre Deputado”, do autor Marlon Reis, conhecido por ter sido um dos articuladores da coleta de assinaturas para o projeto popular que resultou na Lei da Ficha Limpa.

Pela capa, você, caro leitor, já se depara com o que presenciará nas 118 páginas: “Relato chocante (e verdadeiro) de como nasce, cresce e se perpetua um corrupto na política brasileira”. Atualíssimo para a ocasião do Mensalão, Petrolão e Trensalão, haja vista que nos três desbundes citados há como atores as grandiosas empreiteiras, de onde jorram milhões e milhões para campanhas políticas. Sem contar os consórcios furados, processos licitatórios fajutos etc.

Senhoras e senhores, é o dinheiro que manda neste Brasil e dita as regras do jogo político. E é esse jogo revoltante que permite o capital falar mais alto nas grandes decisões que afetam os brasileiros. Mas o povo não está nem aí para isso. A população não entende e não quer entender o real significado da representatividade política e como de fato os políticos deveriam se portar, agir e se manifestar.

Veja uma passagem do livro:

“A política é movida a dinheiro e poder. Dinheiro compra poder, e poder é uma ferramenta poderosa para se obter dinheiro. É disso que se trata as eleições: o poder arrecada o dinheiro que vai alçar os candidatos ao poder. [...]O jogo é comprado, vence quem paga mais.”

Está aí o círculo vicioso, impulsionado pelas empreiteiras e demais grandes empresas que financiam as campanhas políticas. Quer entender a vitória da Dilma Rousseff e de quebra esclarecer o escândalo do mensalão e petrolão? Leia o livro recomendado.

É raridade identificar um político que nos represente e desempenhe seu cargo em prol do desenvolvimento da Nação. Contudo, se você se apraz em levar vantagem nas pequenas negociações do dia a dia, no lidar com seus semelhantes, colocando em prática o “jeitinho brasileiro”, tenho de lhe informar que você está muito bem representado lá no Congresso e merece dizer amém aos mensalões da vida política.

Outra parte do livro que sinaliza bem o que disse:

“É no gabinete que recebemos a multidão de pedintes que anda pelo Congresso todos os três dias da semana – terça, quarta e quinta-feira. Quando alguém bate à nossa porta, nunca é para nos oferecer soluções que facilitem a vida do contribuinte. Não. Quando a visita não vem fazer lobby de uma categoria, a conversa gira sempre sobre o interesse de uma pessoa ou de uma empresa. Ninguém neste país quer saber do coletivo, então por que nós [políticos] deveríamos carregar a cruz sozinhos?”

Temos o que merecemos, não é verdade? 

Vale a leitura! #ficaadica


--
Só para lembrar, já assinou o feeds?

Ae, agora sim 12 comentários...

Mila Cris disse...

Se gritar pega ladrão não sobra um. Realmente a política no Brasil é uma corrupção só, o povo não se interessa por politica e ai somos tratados a pão e circo, futebol, big brother e afins e o que temos é só mais corrupção e tudo que é de ruim para o povo.

Paula Juliana - Overdose Literária disse...

Esses dias estava discutindo bem isso com meu irmão, e a gente chegou a conclusão que não é só os políticos que são corruptos, a coisa esta desse jeito pq o povo é corrupto! Se queremos mudança temos que fazer a mudança, e não só querer que os outros mudem!

Mônica Quintelas - Drafts da Nica disse...

Dá até vergonha de ser brasileira, algumas vezes, ultimamente. Não sei se leria esse livro, pq já basta o pão nosso de cada dia, mas acho interessante para que possamos discutir a corrupção em que vivemos. O momento de mudar é agora. Vamos torcer pra que o povo abra os olhos e mais livros assim sejam lançados e, claro, explorados nas escolas e universidades, nossos maiores formadores de opinião!

Celly Nascimento disse...

Nossa! Eu não sabia que existia um livro dessa temática, desse segmento. E mesmo não sendo muito ligada em política, acho que é um bom modo de começar a me deixar levar pela onda e a me interessar pelo futuro do país que vou deixar aos meus filhos. Obrigada pela indicação! Com certeza vou ler.
Com carinho,
Celly.

Me Livrando ❤

Brubs. disse...

Não sabia desse livro. Não sou ligada a politica, sei bem por cima, mas esses escândalos ta demais,vergonha de ser brasileira por esse motivo. Quem venha mais e mais livros nesse segmento
http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

Kamila Raupp disse...

Oii!

Não sabia desse livro e não gosto muito de politica, mas acho que seria interessante ler pois o Brasil está num momento muito ruim e as vezes tenho até vergonha de ser brasileira...

Beijos, Kamila
www.vicio-de-leitura.com

Mayara Milesi disse...

Oiii não sabia que existia um livro sobre esse tema tão atual né? Dá até vergonha de ser brasileira com tudo isso. Roubar virou algo rotineiro nesse nosso país. Lamentável.

É uma leitura interessante, necessária, atual e instrutiva pelo que vi.

Gostei muito do que escreveu, a verdade.

beijos
Livros & Tal

Nana Guimarães disse...

Nossa não sabia que existia um livro que falasse a respeito desse tema OMG!
Eu conversei com a minha família esses dias que está sendo complicado morar no Brasil LOL É tanto roubo que olha e quem sempre acaba perdendo? Nós claro o/
Beijos Pão de Queijo!

Camila Tebet disse...

Olá! Adoro livros de não-ficção. Ainda mais esses que trazem relatos de temáticas tão atuais. O livro deve ser ótimo para entender a situação e, por ser curto, a leitura deve ser agradável e nada arrastada. Gostei muito da indicação. Beijos!

Mari Araujo disse...

Oiee,
Não sabia que tinha esse livro tão atual pra falar a verdade, sempre gosto de ler coisas assim... uma crise dessa em nosso Pais precisamos conhece o máximo possível pra sair por ai falando bobagem não é mesmo?
Dica anotada.

Carlos Henrique disse...

Achei a temática do livro muito interessante, com as crises que estamos enfrentando estar informado é sinal de sabedoria e cada dia as pessoas leem mesmo. Esse é um ótimo livro para refletir nossa situação atual e analisarmos o que esta acontecendo.
Abraços, Carlos.

http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

Suelen Fernandes disse...

Olá!
Eu realmente detesto política. Ela me enoja. Não gosto nem de falar sobre ela. Acho que isso nunca vai melhorar. Política pra mim é sinônimo de Corrupção.
Beijinhos!
http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

  ©Modificações by Felipe.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br