16 de outubro de 2010

Se a Marina disse, por quê não?

A pergunta que não quer calar, ao longo dessas últimas semanas, finalmente ganhará um cala boca, amanhã - eu acho! Enquanto não houver resposta, a pergunta continua a ser martelada pela mídia e entre a militância dilmista e serrista.

Afinal, qual candidato receberá, merecidamente ou não, o apoio de Marina Silva e do Partido Verde? Marina optará pela independência - ou neutralidade, para ser mais claro - e o PV, pelo apoio à candidatura José Serra. Isso é o que está se cristalizando!

A ex-ministra do Meio Ambiente não ficará ao lado de Dilma Rousseff pelo mesmo motivo que a fez deixar o governo Lula. "O atual governo perdeu a capacidade de ter visão antecipatória das coisas, de agregar novo olhar para a realidade", afirmou em sabatina ao jornal Folha de São Paulo, há quatro meses. Não apoiará Dilma, também, em decorrência a vários atritos, brigas e indisposições que travou com a petista, quando as duas eram ministras. "Minha saída foi a maior explicitação do embate".

Portanto, não seria sensato e coerente, para uma candidata que arrebanhou 20 milhões de votos no primeiro turno e que levantou a bandeira da ética, da cara e ficha limpas, ter, agora, um discurso totalmente oposto ao que foi pregado a seus eleitores. Se assim fizer, perderá mais da metade desses votos e não será a favorita em 2014.

Quanto ao José Serra, Marina também não o apoiará, por já ter declarado que ambos os candidatos são idênticos. "Não vejo diferença entre Serra e Dilma", afirmou a verde. Então, não tem o porquê concedê-lo apoio formal.

Agora, o Partido Verde poderá apoiar um dos candidatos, sim. E pelo o que tudo indica, o presidenciável escolhido será José Serra. Lembre-se de que três ou mais diretórios regionais do partido já se posicionaram favoravelmente ao tucano. Alguma dúvida quanto a formalização do apoio nacional do PV?

O candidato à vice-presidente na chapa da Marina, Guilherme Leal, logo após a divulgação da apuração dos votos, disse que não pisaria em nenhum palanque no segundo turno. Torçamos para que Marina Silva siga o exemplo de seu companheiro.

Fico aqui, pensando [só] com os meus botões: Dilma Rousseff apenas está onde está, nesse exato momento, graças a seu padrinho político, o todo-poderoso Luiz Inácio Lula da Silva. Nosso "ainda-presidente" mandou todo mundo votar na Dilma e muitos paus-mandados disseram amém e votaram nela no primeiro turno.

Será que os eleitores de Marina Silva também são tão "maria-vai-com-as-outras" e sem opinião própria, a ponto de acatarem às suas ordens, cegamente, sem refletirem a opção de voto nesse segundo turno?

Espero que não.

--
Só para lembrar, já assinou o feeds?

Ae, agora sim 15 comentários...

Vaunei Guimarães disse...

mais um bom post...abçs

http://vauneiguimaraes.blogspot.com/

Camila Gusmão disse...

Qqr coisa... menos o Serra. rsrsr

fábio disse...

aff ta ai o comentário de mais uma pessoa que teve uma lavagem cerebral..enfim é esperar pra ver, mais acho que Marina na vai apoiar ninguem!

Loverocklive disse...

Acredito que realmente o que é mais sensato para ela é apoiar o Serra, mas vamos esperar para ver o que vai dar.

Rodrigo Selback disse...

Pelas suas declarações e pela sua conduta acredito que ela deve apoiar o Serra

Guilherme Lombardi disse...

SE eu fosse ela e pensando no planejamento dela para daqui oito anos, não apoiaria ninguém! Pois lá na frente iria aumentar as possibilidades de ser realmente eleita a primeira presidente mulher do país.

Katrine disse...

Quem votou na Marina no 1º turno é porque não queria nenhum dos outros dois na Presidência, acredito eu. Seria bem sensato [e a cara dela] se ela continuasse neutra, pois foi exatamente isso que a Marina quis mostrar antes, que não estava ao lado de nenhum dos dois.

Andre Mansim disse...

Acho que a Marina quer apoiar a Dilma, mas por ela ser evangélica e os setores religiosos doBrasil terem batido tão pesado na Dilma, a Marina não vai apoia-la mas também não vai apoiar o Serra, mesmo o PV querendo apoia-lo.


Atualizei o blog, visita lá!

Nicelle Almeida disse...

Graças a Deus, a Marina fez a melhor escolha de ficar neutra. Ela está certa e como já era esperado, n se contradisse. A admiro cada diz mais e em 2014 ela será a nossa presidente, assim espero.
Um forte abraço, meu amigo.
Ótima semana pra vc ;)
Te espero lá no blog!!!
www.nicellealmeida.blogspot.com

Karla Hack disse...

Pois é.. eu achei que ela fez uma boa escolha.. Melhor não se manifestar, não escolher um lado. Eu creio que cada pessoa tem as suas convicções e deve decidir independente de apoio partidária a este ou aquele.
Muito bom ler seus posts!

;D

Juηiøя - ล∂๏ℓэร¢эи†э ลи†эиล∂๏ disse...

No primeiro turno votei Marina, ja que ela adiou sua vitória para 2014 eu voto no Serra, pois as propostas dele são mais coerêntes

e ele ja tem uma vida pública infinitamente superior a de Dilma !

Juηiøя - ล∂๏ℓэร¢эи†э ลи†эиล∂๏ disse...

Marina fez muito bem em não apoiar nenhum dos dois candidatos

.:JehFinhO:. disse...

cara muito interessante seu blogger parabéns;
visita o meu ai?
http://diversao-web.blogspot.com

---

Tatiana disse...

Não acho que os eleitores da Marina são do tipo de votar sem pensar. Eles, ao votarem nela, disseram justamente isso. É dificil prevê, já que quem votou na Marina estava cansado dessa bipolaridade, desse "café-com-leite" contemporâneo e resolveu mudar a cara e a política do Brasil. Muito provavelmente estão muitos indecisos aindas, alguns pensando em ir para um dos lados, ou na possibilidade de dizer que não quer nenhum dos dois com o voto nulo.
Vamos esperar pra ver no que vai dá esse segundo turno marcado pela politicagem, pela intriga, o jogo político desleal, a falta de decoro e ética, ufa, e aguardar as cenas dos proximos capítulos..

__
http://coracaoonline.blogspot.com/-

William disse...

A imagem nessa sua postagem é sensacional. Diz tudo.
Abraço

www.tocadowilliam.com

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

  ©Modificações by Felipe.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br