17 de dezembro de 2015

O desabafo-renúncia da presidente

Brasília, 01 de janeiro de 2016


CARTA ABERTA AOS BRASILEIROS E ÀS BRASILEIRAS

É com tristeza e descontentamento que escrevo esta carta, mas a redijo com o sentimento de dever cumprido e certa de que o que estou determinada a fazer é grandioso e extrapola minhas próprias vontades, meus anseios e minha ideologia.

O que farei após a leitura em público deste comunicado é me anular, me sacrificar, mais uma vez, para proteger 200 milhões de brasileiros e brasileiras e meu querido Brasil. Tenho plena convicção de que minha atitude vindoura não será em vão e me aliviará das torturas que, novamente, me afligem. Todavia, será a atitude daqueles e daquelas que honram a Pátria Amada.

Acentuo que nada nem ninguém possui documentos, pareceres e testemunhos que deponham contra meu caráter e conduta ilibada. Sou e sempre serei honesta, íntegra, corajosa o suficiente para enfrentar de cabeça erguida todos e quaisquer desafios. E assim o farei!

No entanto, antes de prosseguir com o que é preciso e urgente a ser feito, quero esclarecer alguns pontos que, infelizmente, encontram-se nas sombras da repressão da qual sou vítima:

Primeiramente, trago à tona que a democracia brasileira padece nas mãos de ditadores, coronéis e imperialistas que usurpam das riquezas do nosso solo fértil; essa realidade, brasileiros e brasileiras, só poderá ser alterada com o apoio popular maciço do qual não disponho, por culpa de manipulações políticas de baixíssimo nível que imperam e monopolizam a máquina do Estado.

Saliento ainda que não somente o Vice-Presidente é decorativo, mas a Presidente também o é e tem as mãos e os pés atados, como outrora, no interminável Regime de Exceção.

Saibam os senhores e as senhoras que manda mais quem mais abastado é; faz mais quem mais em conluio está com procedimentos ilícitos. Jamais compactuarei e me alinharei com mediocridades, mesquinharias e pequenezas que envergonham e maculam o passado, presente e futuro dos bons combatentes que tanto lutaram – em vão – por uma Nação verdadeiramente autêntica.

Também coloco ao conhecimento de todos os brasileiros e todas as brasileiras que minha saúde física, mental e psicológica se exaure e está em declínio em decorrência do abalo sem precedentes do qual sou vítima, advindo de pessoas próximas ao meu gabinete, que tentam dizimar o que ainda tenho para me proteger: minha voz e liberdade para agir da melhor forma, segundo minhas próprias opiniões.

Por essas razões e sabendo que, mesmo sendo absolvida do injusto processo de impeachment arquitetado e gestado por golpistas infames e sabendo que meu governo será boicotado e silenciado nos próximos três anos que cabem a mim, por direito constitucional, eu, Dilma Vana Rousseff, com pesar e muita devoção pelo meu país, anuncio a vacância da Presidência da República Federativa do Brasil.

Muito obrigada pela compreensão.


Fica aqui minha sugestão de discurso-renúncia à Dilma Rousseff. Fique à vontade para se apropriar do conteúdo, presidente!


--
Só para lembrar, já assinou o feeds?

Ae, agora sim 12 comentários...

Thamiris Dondóssola disse...

Olá,

Olha, o texto, de modo mais geral, está muito bem escrito. Gostei. Quanto a minha posição diante da sua carta, não sei ao certo o que expressar.

Historiar

Paulo Emílio disse...

Muito bacana a carta de renúncia da Sra. Exma. Presidenta da República proposta por você. Mas acredito que a Dilma não ficará de mãos e pés atados nos próximos anos, caso fique após o processo de impeachment. Se ela já está jogando excrementos no ventilador, por causa do Sr. Presidente da Câmara dos Deputados, imagine se alguém tentar não deixá-la trabalhar.

Caso a cidadã, eleita democraticamente pelo povo da Terra Brasilis, renuncie com estes argumentos, ela será aplaudida de pé pela oposição, tornando-se a nova Evita. E-vita PT no governo! Já os dilmistas dirão que houve golpe nos bastidores, mas irão abraçar os candangos deste País para torná-la a Presidente-Heroína.

Jhonatan Almeida disse...

Olá.
Existem vários pontos que devem ser analisados, é difícil tratar desse assunto. Sua carta está muito bem escrita, mas acho que isso não aconteceria ou acontecerá porque ela queira. Caso seja comprovado o envolvimento dela em escândalos e o impeachment aceito, ai sim. Tenho a impressão de que o Brasil está destinado a muitos anos de um governo ruim, até mudar esse quadro... irá demorar.

Clichê Imperial
clicheimperial.blogspot.com.b

Heloísa G. A. disse...

Muito convincente esta carta. No primeiro momento, sonhei ter sido nossa presidenta mesmo quem a redigiu. Você tem talento! Adorei.

Biazinha disse...

Muito bem escrita a sua carta,mas são tantas situações acontecendo e não sei se elas se resolveriam de rorma fácil e muito menos com a saída da presidente. Isso se ela for realmente inocente.

bjsss

Apaixonadas por Livros

Amanda Raupp disse...

Oii!

Essa é a carta que a Dilma escreveu certo? Do mesmo modo não sei como me expressar sobre essa carta.
Não sei se está certo ou não o que ela está fazendo, mas espero que tome a direção correta.

Beijos, Amanda
www.vicio-de-leitura.com

Tony Ferr disse...

Olá!

Sinceramente eu sou suspeito para falar mal da presidente. Até por que teve roubos teve, e tudo um pouco mais, porém nenhum partido fez o que fez pelo Brasil como o PT. Então eu mesmo acredito que tirar só ela não resolve nada, teria que tirar do poder qualquer politico que estivesse metido nisso, do senado da camara de qualquer lugar e nunca mais poder se candidatar! Mas como isso nunca será feito proferi que ela fique, pois um a mais e um a menos não irá mudar nada!

Abraços,

Tony

Profissão: Leitora disse...

Se tem um assunto do qual não gosto de falar, é política. De uns 2/3 meses pra cá, eu simplesmente me afastei de tudo. Perdi o interesse. Estou errada e sei disso, mas a situação é tão complicada que não tenho a menor ideia do que fazer, e nas próximas eleições nada mudará, isso é ciclo.

Milena Nones disse...

Bastante convincente a carta da presidente. Você tem talento, hein?!

Parabéns

http://albumdeleitura.blogspot.com.br

Isa Pasqualini disse...

Bem, concordo que não é só o vice, a presidente (denta) também é um fantoche kkkk
Muito bom, muito bom..
Espero que ela leia e se inspire
http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

Lara Caroline disse...

OOi! O texto foi bem escrito e bem pensado. Mas não sei se concordo com a sua opinião... Prefiro não me pronunciar sobre o assunto.
Abraços, Lara.
http://www.imperio-imaginario.blogspot.com.br/

Suelen Fernandes disse...

Olá!
eu não gosto de falar de política. Acho que a Dilma tem culpa de algumas coisas estão acontecendo. Mas não é só culpa dela. Não quero defender, longe de mim. eu só quero que alguém faça alguma coisa e mude esse cenário de horror que estamos vivendo.
O texto é muito bom.
http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

  ©Modificações by Felipe.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br