11 de dezembro de 2010

A pagadora de promessas

Promessas realizadas em campanha e feitas há poucos dias, não serão esquecidas, dona Dilma.

Espera-se que a senhora não venha a "tergiversar" ao longo dos seus 04 anos à frente da presidência da República, bem no momento de cumprir com suas obrigações.

Pode até ser que a presidente eleita, os petistas em geral e toda a corja aliada - quero dizer, base aliada - não venha, futuramente, a reconhecer as promessas, abaixo, como promessas, mas que elas foram alardeadas por aí em comícios, depoimentos e em comunicados à imprensa, não há dúvidas e não poderão negar, porque está tudo registrado.

Acompanhe o que a Era Dilma terá a nos oferecer, de acordo com o palavrório e verborreia da nova mandatária da Nação e seus súditos:

- Corte de gastos - Dilma tentará reduzir de 41% para 30% a relação entre a dívida pública líquida e o PIB - Produto Interno Bruto;

- Política monetária mais branda, com foco na redução dos juros e prioridade ao controle da inflação;

- Liberdade de imprensa - vale ressaltar, aqui, uma fala da presidente que deve ser anotada e guardada com muito carinho para ser apresentada em momento oportuno no futuro: "O único controle dos meios de comunicação deve ser feito pelo controle remoto." OUTRA: "Prefiro o ruído da imprensa livre ao silêncio das ditaduras. As críticas do jornalismo livre ajudam ao país e são essenciais aos governos democráticos, apontando erros e trazendo o necessário contraditório."

- Direitos Humanos - mais uma fala da Dilma: "Eu não concordo com o modo como o Brasil votou na ONU" - com relação ao voto contra do Brasil pela condenação do Irã por seus recorrentes atentados aos Direitos Humanos. Inclui-se aí, uma questão delicada, o apedrejamento da iraniana Sakineh Ashtiani;

- Autonomia das agências reguladoras*;

- Vigilância de fronteiras - pelo jeito a oposição, no período da campanha eleitoral, tocou numa ferida aberta e doeu. Quem diria que o PT investiria nessa área, não é? José Serra tinha razão acerca das drogas da Bolívia.

- Reformas Política e Tributária;

- Combate ao crime organizado - já estamos vendo alguma coisa acontecer! Haja vista as ações de combate ao tráfico nas favelas do Rio de Janeiro.

- Melhoria dos setores de inteligência;

Há mais 13 delas na seção PROMESSAS, aqui no Seu Anônimo. Vale a pena conferi-las! Vamos torcer para que Dilma Rousseff seja uma boa pagadora e abra mão do seguinte discurso:

"Concedam-me mais 04 anos para que possa concluir os avanços iniciados em minha primeira gestão. Um mandato é pouco para a concretização dos projetos essenciais ao nosso Brasil. Não troque o certo pelo duvidoso, é Dilma de novo!"

Já conheço tal ladainha...

A melhor, principal e primordial promessa não foi feita. Não foi sequer citada, nessa última eleição, por nenhum dos candidatos - com exceção de Marina Silva, a que deveria estar no lugar de Dilma Rousseff, agora - que é a que realmente nos interessa, atualmente. Quer saber qual? Então, leia o comentário de Ruy Martins Altenfelder Silva, presidente da Academia Paulista de Letras Jurídicas, a seguir:

"À humanidade do século 21 não interessa só as promessas de facilidades, progresso econômico, tecnologia de ponta e conforto contidas no ideário comunitário. Ser ético, correto e honesto é essencial."


*Exercem a fiscalização, controle e regulação sobre serviços delegados a terceiros em determinado setor da Economia, como: energia elétrica, telecomunicações, produção, vigilância sanitária, aviação civil, transportes etc.

--
Só para lembrar, já assinou o feeds?

Ae, agora sim 16 comentários...

Carlos Withe N. Rodrigues Jr. disse...

É sempre assim ...
Parabéns pelo blog.
_______________
http://assimounao.blogspot.com/
Lê, comenta, segue, sei lá.
Eu retribuo.

Marcus Alencar disse...

Entendo o ponto que você coloca no seu texto, sobre a possibilidade ou não das promessas feitas pela presidente se concretizarem, sairem do plano das palavras e possiveis intenções e assim se tornarem ações que visem o bem do povo como um todo.

Eu realmente não sei o que esperar. Liberdade de imprensa? Sério? Isso existe?

abcs

Barbara Nonato disse...

Muitas vezes também não tenho no que acreditar. Se pararmos pra pensar, são sempre tantas as promessas e os projetos em período de campanha, e tão pouca coisa é realizada (concluída). Talvez o compromisso político seja somente com as promessas em si, e não com seu cumprimento... Triste isso!

Até!

Mundo do Samuka disse...

realmente ela ira se candidatar novamente daqui a 4 anos. Politico é tudo igual.. ¬¬'

Andre Mansim disse...

Amigo, vamos cobrar e falar o mais possível, e fiscalizar sempre!

Wellington disse...

Lulala...
pediu para o povo...
na televisão...
Dilma de novo! X)

...huahuahua...

Ótima postagem, bom salver e fiscalizar ela nesses 4 anos! ^^

Abraços!

http://neowellblog.wordpress.com/

Millena Blogueira disse...

O povo tem que lenbrar das promessas para cobrar, mas a maioria já se esqueceu.

Nina disse...

Garanto que mais da metade dos que votaram na Dilma, nem lembram das promessas de eleição. E a outra parte, ela já pagou. uahuahuah

Gostei muito da postagem...
Parabéns.
E estou sentindo falta de seus comentários no meu.

Abraço de NINA

Léo Silva Web Design disse...

Muito bacana seu blog vc esta de parabens pelo o seu trabalho aqui........ Ser pode fazer parceria comigo e seguir meu blog que seguir vc de volta que agradecor muito blz
fica com Deus http://leonardotk.blogspot.com/

Nicelle Almeida disse...

Olá, meu caro amigo!

Antes de tudo, me deixe te agradecer pelos comentários de incentivo. Confesso que fico sempre mto feliz em receber comentários de uma pessoa tão inteligente e dona de um blog com ótimo conteúdo e que adoro visitar =D
Saiba que tb sou sua fã! ;)

Sobre o post, achei muuuito boa a listagem que vc fez e tenha certeza, que ao longo desses 4 anos, virei aqui para acompanhar andamento de tudo.

Não podemos perder de vista estas promessas. Seria bom que os que a elegeram tb fizessem isso, né? Pena que n fazem!!!

Ótima semana e te espero lá no blog ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Nauê RM disse...

O Brasil não votou na Dilma, votou no Lula. Só que esqueceram que dia primeiro de janeiro quem estará lá não será ele, e sim ela. E a maioria dos que votaram nela, nem conhecem as propostas e promessas dela. Mas eu não acho que ela irá se candidatar de novo daqui 4 anos , e sim o Lula que com certeza vai querer voltar.

Ravi Barros disse...

aah eu já vi esse filme antes. Mas quer saber do que mais? nós brasileiros merecemos por elegermos pessoas sem escrúpulos, eu to nem aí, quero mais é que os brasileiros aprendam!

Meus momentos, minhas histórias. disse...

Bom.. Sempre prometem muito. Vamos ver se ela vai mesmo cumprir tudo isso. Enfim.. A politica é algo meio perdido no Brasil. :/

http://aprendereentender27.blogspot.com/

fábio disse...

é as promessas dela são boas..vou dar um voto de confiança para ela apedrejei muito a campanha dela e nao votei nela, mas agora depois de eletia é esperar que ela faça no minimo o que prometeu!

Léo Silva Web Design disse...

Oie gostaria de fazer parceira com vc me aacc nesse msn >>> leonardodesigntk@hotmail.com

Mônica Pinheiro disse...

Oi, Fernando,
A sua postagem está com data de 11 de dezembro.

Assim como o ciclo das promessas de ano novo, existe o ciclo da política: campanha eleitoral com massacre de ideias e intenções, muito marketing para passar uma boa imagem e alianças para fortalecer a candidatura; depois da eleição, vem a fase da constituição da equipe e a viabilidade do cumprimento das promessas de campanha.
Infelizmente, ao verificar essa viabilidade, o novo governante esbarra nas dificuldades (orçamento, aprovação do congresso e senado, manter a coesão dos partidos governistas e etc).
Por isso, falar durante a campanha é fácil e colocar em prática é uma tarefa árdua que exige muito empenho do recém eleito ao cargo público. Diante das dificuldades, muitos desistem e se "esquecem" das promessas, desrespeitando o eleitor que confiou na palavra do candidato.
Enquanto o povo não recordar o passado político e continuar votando nos maus governantes, essa história ainda vai repetir-se por longos e longos anos.

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

  ©Modificações by Felipe.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br