27 de julho de 2011

Enquete: o que leva em consideração ao votar?

Seu Anônimo perguntou: ao votar, o que você leva em consideração?

O(a) candidato(a)?
O partido?
As propostas?

71% responderam o(a) candidato(a);
64% optaram pelas propostas;
39% disseram que levam em consideração o partido.
33% apontaram outro(s) requisito(s), mas sem especificar qual(is).

Cada vez mais, o candidato é quem "dita" as regras numa campanha eleitoral. Mas até que ponto tal cenário é benéfico para a democracia? E até que ponto há prejuízos ao nosso país?

Será que essa realidade não vem ao encontro da nossa postura frente às questões políticas? Ou seja, por causa da nossa inação, impaciência, falta de criticidade e tempo o suficiente para buscar informações com profundidade acerca do fazer político no Brasil?

O ato de votar, atualmente, é comparado ao ato de comprar. O foco, hoje, é a influência do candidato sobre o eleitor e não a compreensão do seu comportamento, do porquê de ele ser assim, assim, ou assado. O eleitor brasileiro não se baseia mais na ideologia e, sim, na emoção. Muitos têm se esquecido, inclusive, o que é ideologia. Aí se explica o porquê de optarmos pelo candidato e não pelas propostas, programa etc.

Há, também, muita confusão entre realidade e ficção, no momento do voto. Culpa do marketing!

"O processo político é apresentado cada vez mais como uma disputa entre pessoas (candidatos) e não programas, forças políticas alternativas (partidos). Não basta o candidato ter boas propostas, é preciso que ele apareça bem no vídeo."

Martin Watteinberg

"Hoje, a nossa sociedade tem outros deuses: cultua mais o consumo do que a produção; valoriza mais a imagem do que o fato; celebra mais o cargo do que o batente."

Thomaz Wood Jr.
Carta Capital


A nova enquete já está no ar! A pergunta que lhe faço é visando a eleição municipal do ano que vem. Afinal, Lula deveria ou não se candidatar à Prefeitura de São Paulo?

Não deixe de votar.

--
Só para lembrar, já assinou o feeds?

Ae, agora sim 4 comentários...

Pedro Paulo disse...

O mais importante é fiscalizar para que eles possam servir a população e não aos próprios interesses.

Acácio Neto disse...

Muito bom seu post.
Sou apaixonado por política desde criança. Acho que sou o único que não desgruda os olhos do horário político par ouvir todas as propostas e afins.

Gostei do conteúdo de seu blog.

Abraços
Acácio Neto
www.acacioneto.com.br

Joao Paulo disse...

Parabéns pela materia.degrande importancia
grande abraço
João Paulo

www.jotanoar.com

Carlos disse...

Af. Blog Petista do caralho...A maioria acha que o barbudão deveria se candidatar...Lamentável

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

  ©Modificações by Felipe.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br