27 de julho de 2010

Se liga, Brasil!

Se nossos políticos fossem moralmente aptos a nos representar e tivessem vontade política para concretizar projetos essenciais ao crescimento sustentável do país, que beneficiariam a sociedade, nós viveríamos num Brasil muito melhor, decente e com forças para avançar, desenvolvendo-se inteligentemente.

Há tantos bons projetos, tantas corretíssimas e úteis políticas públicas, leis, medidas e ações espalhadas pelo Brasil e mundo afora, que poderiam contribuir para mudarmos a realidade do planeta – cada vez mais decadente – mas que, infelizmente, não são postas em prática por incompetência, desinformação, corrupção, mesquinharia e o pior, por falta de apoio social em massa e pela má vontade dos nossos representantes.

Quando existe ação popular a pressionar o governo a agir e o povo encontra na luta, homens públicos interessados em fazer acontecer, os projetos saem da roda teórica de discussão e passam a fazer parte da prática.

Tive ciência de algumas políticas e iniciativas ecológicas tomadas por Dacca – capital de Bangladesh, um dos países mais pobres do mundo – que só foram possíveis através da iniciativa popular organizada, responsável por agir e ampliar a visão preguiçosa dos governantes de lá. Tomemos nota para que possamos seguir na mesma direção:

Dacca dá exemplo de baixa emissão de carbono, consumo responsável e tecnologia sustentável. Baniu do comércio as sacolas plásticas que entupiam os bueiros e, no lugar delas, utilizam agora, sacolinhas semidescartáveis de juta (fibra de planta) ou pano, que se desfazem em poucos dias.

É tamanho o sucesso e conscientização dessa cidade quase sem transporte público, onde o esgoto corre a céu aberto e o trânsito para com a chuva, que suas práticas politicamente corretas e benéficas, estão sendo exportadas para países como Estados Unidos, Europa e Japão.

A maioria dos carros utiliza gás natural, que por lá o preço é 40% mais barato que a gasolina.

Desenvolveu um sistema avançado de reaproveitamento de água da chuva, menos contaminada e é referência mundial quando o assunto é utilização de energia solar.

Com todo esse exemplo, é vergonhoso dizer que o país verde-amarelo engatinha a desenvolver práticas sustentáveis e benéficas ao meio ambiente e à sociedade em si. Como pode uma cidade com 13 milhões de habitantes, capital de um dos países mais carentes e precários do mundo, dar um baile no continental Brasil?

Inadmissível!

--
Só para lembrar, já assinou o feeds?

Ae, agora sim 17 comentários...

Yanka Vaz disse...

Concordo! muito bom o texto
http://yankavaz.blogspot.com/

Adilson Guimarães disse...

Realmente, falta empenho de todos os lados para sequer pensarmos na possibilidade de melhorar. Abraço Fernando.

Atualizei: www.catarseonline.blogspot.com

Andressa Alkeen disse...

Concordo muito com você, o texto é ótimo, e muito bem escrito.

Suzy disse...

"É preciso trabalhar junto com a natureza e não contra ela; só assim se quisermos garantir nosso futuro de maneira plena e saudável."

Victor Faria disse...

Ótimo post!
Também concordo com você.

Abraço!

Jeh Pagliai disse...

Concordo plenamente.
Acho tambem, que o governo deveria apoiar mais projectos, não apenas os "famosos"...rs

Beijinhos

---
www.jehjeh.com

G' Stresser. disse...

Ótimos argumentos, concordo contigo!

Lucas Leles disse...

vergonhoso, mas não só pro brasil. uma cidade caótica dá exemplo de como por ordem nas coisas e reduzir gastos com recursos energeticos. quer sirva de lição para o nosso país e para todos os outros.

visite: http://mundoeumbigo.blogspot.com/

Macaco Pipi disse...

já era pra ter se ligado há anos hein?!

Marcus Portella disse...

O mal do Brasil
é que Brasileiro se contenta com muito pouco..
miséria de Bolsa familia e ficam todos felizes

a acomodação nos colocou no buraco, e não vai nos deixar sair tão cedo!

parabéns pelo texto !

Artie disse...

realmente....devemos fazer algo
pq se for depender da "capacidade" de nossos politicos...estaremos fadados

Sílvia Soares disse...

Depender de politicos hoje é esperra chuva em deserto. E o pior é que as pessoas reclamam e não fazem nada a respeito. Cadê os movimentos iguais aos que mudaram a história do nosso país?
Não há!
Muito bom o texto!
=)


http://palavrasaouniverso.blogspot.com/

Silvana Persan disse...

Você colocou a palavra-chave na primeira frase: representar. Acontece q as pessoas não enxergam os políticos como representantes (se o fizessem certamente pensariam melhor na hora do voto).
Às vezes penso q as pessoas não querem se mobilizar, querem q outros se mobilizem por elas. E ainda tem q questão ética: se vc cobrar dos políticos o cumprimeto da lei, vc tbm terá q cumpri-la estritamente. Será q a população quer isso?

Anne ." disse...

oie! primeiramente obrigada pelo teu comentário no meu blog!
amei teu blog.. opinião forte ..gosto disso!
e relacionado ao post.. o nosso pais tem dinheiro suficiente para acabar com a fome ..de uma vez.. e esse dinheiro vai ser gasto futuramente.. ja está sendo neh tb.. com estádios.. e coisas q depois da copa n vai t a mesma importancia.. e a fome.. a violencia a educação fica em ultimo caso!
é sempre assim!

http://nuvenscoloriidass.blogspot.com

Clarice disse...

O grande problema é a mentalidade exploratória do nosso país.
As pessoas aqui não tem amor pela sua pp terra.

www.penadeprata.blogspot.com

Mônica Pinheiro disse...

Brasileiro é muito acomodado! Espera que tudo caia do céu e dele só cai chuva e meteoro.

http://www.redenacional1.blogspot.com

Rodrigo disse...

Muito bom o seu blog, e o texto em especial! Em época de eleição seria bom que as pessoas lessem seus textos e dessem uma refletida.

Passei aqui para retribuir sua visita e comentários constantes em meu blog, pois fico muito feliz em lê-los. Volte sempre lá, e grande abraço

www.filosofiadeliquidificador.blogspot.com

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

  ©Modificações by Felipe.

TOPO  

BlogBlogs.Com.Br